Google+ Followers

Seguidores

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Engano à cobrar!

Não pode haver coisa mais absurda, mais nada a ver, do que uma ligação a cobrar por engano.

Primeiro que ligar a cobrar já é, por si só, uma invasão, uma prova de que não se consegue administrar suas necessidades, uma vez que precisa da ligação, mas não tem crédito para essa necessidade mínima.

Segundo que, obviamente, quem liga a cobrar está disposto a pedir alguma coisa.

Agora, não conseguir administrar suas necessidades, estando sempre precisando pedir algo para alguém e ainda não tendo o cuidado mínimo necessário de se concentrar e ligar para o número certo, é merecedor de um estudo antropológico para separar os seus genes, isolando-os, para impedir a propagação de sua espécie pelo universo.

Quando recebemos uma ligação a cobrar, enquanto toca aquela música horrível, o pior arranjo de notas musicais que alguém já conseguiu reunir, deixando ainda mais sádica a tortura dessas ligações, nos já ficamos na expectativa do que vem a seguir.


Normalmente quem liga a cobrar são os bandidos de dentro da cadeia, para nos extorquir com aqueles golpes de falsos seqüestros.

Essa é a prova irrefutável, de que, quando recebemos uma ligação a cobrar, só pode ser um golpe ou uma extorsão, seja de amigos ou parentes ou de presidiários.

Quando não é isso, só pode ser uma má notícia, de um acidente, de um assalto de algum familiar, de um mal súbito, da morte de algum conhecido, de alguma coisa que, certamente não é positiva.

Ninguém liga a cobrar para nós para oferecer um bom emprego, emprestar um dinheiro, para nos dar um elogio ou para iluminar o nosso dia.

Pode ser um cunhado querendo pedir algum dinheiro, algum amigo que ficou com o carro sem funcionar e que precisa que a gente saia de casa, passe num mecânico, leve o mecânico, traga uma bateria e qualquer coisa que não dure menos que uma tarde inteira.

Pode ser a empregada ligando para dizer que conseguiu tirar a mancha das nossas calças mais caras, só que tirou, também, um pedaço da calça que estava com a mancha.

Pode ser os filhos pedindo dinheiro, dizendo que bateram com o carro, a filha avisando que o resultado do exame de gravidez foi positivo e que o namorado dela ficou transtornado e largou o emprego, ou que você não encontrou a conta do telefone de casa por que eles esconderam, pois este mês realmente foi “um pouco alta”.

Existem variações dessa estratégia de ligar a cobrar, como dar só um pequeno toque, ficando a esperar que nós liguemos de volta.

Outro tipo é ligar para nós desligando em seguida, sem antes pedir para que liguemos para ele, pois ele está quase sem bateria.

Assim como Einstein, um dos inventores da bomba atômica, morreu de desgosto ao ver o uso de destruição em massa que iriam fazer com sua descoberta, Grahan Bell, inventor do telefone, quando soube que sua invenção seria usada para fins tão nefastos, como a ligação a cobrar, caiu em depressão e tratou apenas de esperar a sua morte.

O pior é que ele recebeu essa notícia de uma ligação a cobrar.


Sérgio Lisboa
 

6 comentários:

  1. Olá, Regina!

    De fato, existem muitas pessoas que são verdadeiros aproveitadores da bondade alheia. Se formos bonzinhos irão sempre querer ligar a cobrar. Isso não é certo, se alguém quer conversar com outra pessoa que incorra nos custos da ligações telefônicas. O que se deve fazer é não atender as ligações a cobrar ou bloquear esses tipos de ligações.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo artigo. Realmente ligação a cobrar já é um absurdo, sendo engano então nem se fala. O negócio é bloquear mesmo.

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Regina,
    Você fez uma análise perfeita. Estou rindo muito. Aqui em São Roque isto acontece sempre, o "engano a cobrar". Já me disseram para não atender, mas fico sempre com aquela impressão ruim de que poderia ser alguém, um filho, um amigo ou um parente em desespero precisando de nossa ajuda. De uns tempos para cá não tenho tido muita paciência e digo à criatura se não sabe como usar um telefone, que não fique atormentando a vida alheia. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olha, temos o costume de nunca aceitar ligações a cobrar e temos um bina para nos ajudar na identificação da chamada, gostei muito do teu artigo.

    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Pessoas sem noção, isso sim. Não me importo quando se trata de uma emergência, mas ligar pra falar nada de importante ou puor ainda, se for engano é o fim, inaceitável!
    Gostei do texto e da parte que fala em Grahan Bell rsrs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. O que faço primeiro: rio ou comento?!?
    Rê.... ontem mesmo aconteceu isso: estava a tarde na casa de uma amiga e ela pediu atender o telefone. Era a cobrar. Eu já imaginava quem era. O motorista, que trabalha às sextas, da mãe dela. Ele nunca diz quem é e começa logo falando um monte de coisas impossíveis de serem entendidas! Ela acha que ele pode ser "reeducado", mas francamente acho que nunca será porque é muito humilde mesmo.

    Agora, sendo na minha casa ou celular eu desligo, não quero nem saber quem é.

    Bjs

    ResponderExcluir

Leitores do Blog