Google+ Followers

Seguidores

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Quem você pensa que você é?

Você se considera uma pessoa boa?

Quem você pensa que você é?

Se você acha essa pergunta ofensiva, você já está meio caminho andado para o lado obscuro que temos em nós.

Você se considera uma pessoa boa?

Acredito que quase 100% das pessoas responderiam sem hesitar que sim.

Se essa é também a sua resposta, então você já está meio caminho andado para o lado errado.

Ninguém é bom.

Nem você. Nem eu.

Ninguém está salvo.

Sabe porque?


Porque ninguém quer ser bom.

Dentro de todos nós existe o desejo imperfeito de querer ser melhor.

E diferente do que se pensa, ser melhor não é bom. Ser melhor é mau.

Ser melhor significa, “melhor do que...alguém”.

O que faz de nós seres egoístas, pois queremos estar acima dos outros.

Falamos que todas as pessoas são iguais e merecem o mesmo tratamento.

Mas no intimo queremos ser diferentes para sermos tratados melhor.

Julgamos os outros por julgarem alguém.

Condenamos aqueles que condenam.

Criticamos os que criticam.

Não fazemos o que falamos.

Não falamos o que pensamos.

Não pensamos o que somos.

Não somos o que pensamos ser.

Você se considera um ser humano bom?

Mas então porque pensa em ser melhor?

E se pensa em ser melhor, então porque não diz o que pensa?

E se você não fala o que pensa, então porque suas ações não concordam com suas palavras?

Dizemos que detestamos pessoas mentirosas. Mas nós mentimos todos os dias.

Ou vai dizer que você não mente? Isso por si só já seria uma grande mentira.

Afirmamos que a falsidade é a pior coisa do mundo. Mas todas as pessoas são falsas.

Somos pessoas diferentes com pessoas diferentes. Ou vai dizer que você trata exatamente igual o presidente da sua empresa e o seu porteiro? E isso é porque você gosta mais do seu presidente? Provavelmente você nem conhece bem nenhum dos dois. E ainda assim um deles sempre terá o seu sorriso e prontidão, enquanto o outro...bem talvez nem sempre. Caso você não saiba, isso é falsidade.

Buzinamos quando alguém pára o carro no meio da avenida pensando:

 “quem ele pensa que é? o dono da rua?”.

E ainda assim, quando nós nos perdemos e precisamos parar para pedir informação, ou precisamos deixar alguém que está atrasado, ou até mesmo levar um doente para o hospital, somos capazes de fazer exatamente o que antes condenamos. E o melhor: se alguém ousar reclamar, pensaremos: “quem ele pensa que é, o dono da rua?”.

Então quem ele pensa que é?

Exatamente o mesmo que você: Pensa que é melhor do que os outros.

Ou pelo menos deseja isso.

E enquanto desejarmos o melhor para nós, jamais seremos bons.

Porque ser bom significa desejar o melhor para os outros.

Mas para isso precisamos nos colocar no lugar do outro.

E isso nunca será possível, enquanto quisermos ser melhor do que o outro.

E você quer, não quer?

Então, eu pergunto novamente: Quem você pensa que você é? Uma pessoa boa?

Eu não sou uma pessoa boa. Porque muitas vezes o desejo de ser melhor prevalece.

Mas eu quero ser. E isso já é meio caminho andado para o lado certo.

O problema é o resto do caminho...

Cada escolha que fazemos é um passo em uma direção.

Às vezes dou muitos passos para frente...

Outras vezes, muitos para trás.

São tantas escolhas que fazemos todo dia...

Jamais ousaria dizer em que parte do caminho estou.

Mas sei que tem alguém lá em cima, que sabe...exatamente a minha localização.

E de noite eu fico pensando: Quem será que Ele pensa que eu sou? Uma pessoa boa?

Texto de Luiza Cunha 


(visite o site)






9 comentários:

  1. Muito bom texto. Merece mesmo uma enorme reflexão. Quantas vezes queremos estar a frente do outro, não é verdade?
    Parabéns e muito sucesso, lindinha!!!

    ResponderExcluir
  2. SAUDAÇÕES!
    AMIGA REGINA,
    Sem dúvidas o seu texto coloca questões robustecidas de tantas coisas que nos cercam, praticamos e por vezes vestimos a capa do fingimento para tentarmos passar ao largo de uma realidade apresentada e vivenciada em todos os momentos.
    A coragem de assumir os próprios erros e limitações, penso que demonstra um caminho para prosseguirmos rumo a oportunidades de sempre sonhar em ter dias melhores cercado dos que nos são caros. Para tanto, passamos por provações a todo instante.
    O querer ser melhor denota a moldura da soberba revestida do orgulho como pano de fundo.
    Penso que não nascemos para levar uma vida de amargura, inconformismo, grito, lágrimas, julgamentos, ou nos transformarmos em sentenciadores.
    Estamos aqui, para ao menos tentar alcançarmos um bem maior que dignifique o espírito, fortaleça a alma, conquistando cada espaço do encanto de agir com base nos ensinamentos sagrados, segundo a santa escritura, e, com DEUS nos amparando nos embates do mundo, conquistando e transbordando em alegrias, até o tempo de sermos chamados a outras missões.
    Amiga, Regina, eu não me conheço. Tudo o que eu sei, é que, intuitivamente, nasci para aprender, servir, crescer, ser muito feliz e amar os meus irmãos.
    Quero lhe parabenizar por mais um excelente texto.
    Abraços!
    LISON.

    ResponderExcluir
  3. É verdade, por mais que queiramos passar a impressão de boa praça,por mais que até se tente, a verdade nua e crua é q nossa busca atráz da benignidade recíproca acaba no desejo de ser bom, mas tem que ser o "melhor" bom q eu puder.
    Eu posso ser um bom amigo ,bom irmão, bom esposo.......mas só ser bom pra min é pouco eu quero ser o melhor marido, filho, pai.....
    Quem sabe DEUS nasua infinita piedade, consiga ser misericordioso conos co e nos ensini"FILHO BASTA SER BOM,POIS MELHOR EU TE FAREI".....

    ResponderExcluir
  4. Rê, eu tento ser melhor a cada dia, errar menos, ofender menos e melhorar mais.

    ResponderExcluir
  5. É uma pergunta que já foi respondida: Bom só existe um e Esse está lá no céu. A gente tenta ser melhor dia após dia com a graça divina.

    ResponderExcluir
  6. Querer ser uma pessoa melhor é um desejo meritório, mas é claro que nos vemos sempre de uma forma bem condescendente, e os outros de uma forma crítica e rígida. A sabedoria é entender/conhecer a nós mesmos de forma honesta e os outros sem julgamento. Um abraço. Drauzio Milagres.

    ResponderExcluir
  7. Eu tento ser uma pessoa melhor todos os dias,sem que isso interfira nos direitos dos outros :)

    ResponderExcluir
  8. Oi Regina, que texto "danado de bom" para fazer a gente parar e pensar... E quantos comentários interessantes por aqui. Então vejamos: Se sou uma pessoa boa? Bem que eu gostaria. Mas infelizmente, o "caminhão" de defeitos que trago comigo não me permite nem ao menos cogitar sobre isso. Se quero ser melhor? A resposta para esta pergunta é SIM! Mas não, não quero ser melhor do que os outros. Quero apenas ser melhor do que "eu mesma". Melhorar um pouquinho a cada dia, que tarefa árdua esta! Mas acredito que seja o destino de todo o ser-humano: melhorar, crescer, evoluir. Lutar contra as próprias imperfeições. E esta é a luta mais gratificante que existe. E quero mais, quero ver os outros melhorando. Quanto mais pessoas se tornarem melhores, mais rapidamente construiremos um mundo mais harmonioso para todos. Mas concordo contigo, estamos ainda muito longe da perfeição. Ainda tem muita água para rolar por debaixo da ponte. Carregamos ainda conosco muita inveja, muito egoísmo, muita bobagem. Gosto de pensar que um dia participaremos desta corrida emocionante chamada vida, parando para ajudar os que tropeçaram e não mais jogando pedrinhas para fazê-los tropeçar com o objetivo bobo de chegar primeiro. Um dia, tenho certeza, pararemos com essa mania de diminuir os outros para tentarmos nos destacar. Não é preciso pisar em ninguém para que se possa subir em algum lugar. A Solidariedade e o Amor ao Próximo ainda serão nossas diretrizes. Você não acha? Depois de tudo isso, só posso dizer que seu Post é simplesmente maravilhoso. Parabéns! E não fique tristinha, para cada coisa ruim que nos acontece, a vida nos traz tantas coisas boas... É só aguardar. Abs Denize

    ResponderExcluir
  9. Oi tudo bem?
    Que texto bacana!
    Bom....nesse contexto eu penso: O que nos faz pensar que somos melhores que o outro?
    Seria tão bom se as pessoas fossem mais humildes não é mesmo?
    Tenha uma ótima semana e, se quiser, visite meu blog e deixe um comentario:
    http://deboraquirino.blogspot.com

    ResponderExcluir

Leitores do Blog