Google+ Followers

Seguidores

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Por um minuto de certeza

Não. Você não sabe tudo.

Enquanto você se debate, tentando constantemente fazer a escolha certa, optar pelo caminho ideal, a estrada perfeita que o levará de encontro a uma vida repleta de grandes realizações, renomadas técnicas de terapia pregam que não existe o caminho certo ou errado, mas sim o mais adequado a cada momento e para cada pessoa. Então você se pergunta: Seria mais fácil acreditar na limitada dualidade de certo ou errado, torcendo para escolher o caminho de conseqüências menos desastrosas, ou a idéia de infinitas possibilidades, atalhos descontraidamente atraentes, escolhas espontâneas e despudoradas pode ser real?


Seu reflexo no espelho quando acorda de manha não é sempre o mesmo, mas você não sabe disso porque se olha, mas não se enxerga. Não enxerga nada além de duas imensas portas com uma estrada desconhecida atrás de cada uma delas e uma dolorosa e inevitável escolha.
Por que nunca enxergamos o meio termo? O infinito leque de possibilidades de que tanto falam.
É excitante pensar na incerteza como uma opção bem – humorada ao invés de uma torturante sensação de agonia. Você escova os dentes. Não tem certeza de nada. Dá as costas para o espelho e se afasta a passos lentos enquanto seu reflexo se torna cada vez menor.
Tudo na vida é sempre fruto de uma escolha, por mais simples e insignificante que possa ser. Todos nós estamos constantemente escolhendo e se escolhemos é porque podemos, e se podemos é porque existem opções.
Permita-me um exemplo um tanto simplório, mas não menos adequado para explicar o que me propus a abordar: Tinturas para cabelo. A monótona definição de loira, morena ou ruiva há muito cedeu lugar ao loiro acobreado, o preto azulado e os diversos tons de vermelho, só para citar alguns. As escolhas se fazem presentes em qualquer lugar. Então arrisque-se! Mergulhe nesse mar de cores e não seja tão convencional. Permita-se um tom de vermelho diferente, talvez algumas mexas claras ou pinte tudo de uma vez. O fato de uma escolha parecer arriscada, sombria, diferente dos padrões aos quais estamos acostumados não a torna errada, condenável ou imprópria. Ao contrário, pois até mesmo nesse momento devemos escolher já que diante de nós se estende a possibilidade de passarmos toda uma vida na mesmice da rotina, seguindo os mesmos passos daqueles que nos precederam e agindo exatamente como esperam que façamos, ou podemos simplesmente “chutar o pau da barraca”.
Eu sei, eu sei. Você queria tanto ter certeza não é?! Deseja com toda a força de sua alma acreditar que sabe exatamente o que está fazendo, que pode arquitetar e seguir a risca os mais complexos planos de vida, e o mais importante, que pode prever os resultados desses planos com a precisão de uma pesquisa científica. Bom, sinto muito em lhe dizer, mas a certeza que tanto busca, a certeza que muitas vezes finge ter vai sempre escorrer por entre os dedos como água, límpida, pura e essencial.
Então desista, não sofra e acredite. Desista de controlar o incontrolável, não sofra demasiadamente por aquilo que não pode evitar e acredite sempre que a escolha está em suas mãos. Os caminhos são diversos e se a verdade está mesmo na infinitude de possibilidades, as infinitas estradas serão desbravadas por aqueles que se atreverem a desafiar a mórbida dualidade.

Autoria de Lorena de Macedo
Mensagens de Crônicas e Textos

2 comentários:

  1. Mas essa Lorena de Macedo é o "Cara". Que texto maravilhoso!

    "Os caminhos são diversos e se a verdade está mesmo na infinitude de possibilidades, as infinitas estradas serão desbravadas por aqueles que se atreverem a desafiar a mórbida dualidade. "

    Impossível não comentar!

    Abraços,

    ResponderExcluir
  2. É bom saber que há caminhos e escolhas a fazer, ainda que a gente não tenha certeza que tudo vai dar certo no final, ainda temos o benefício da dúvida, o que nos leva a fazer uma escolha, seja ela qual for!

    ResponderExcluir

Leitores do Blog