Google+ Followers

Seguidores

terça-feira, 13 de abril de 2010

Um Dia Bonito

Uma lágrima solitária derramada pela velha senhora misturada na chuva fina que ainda cai, uma tentativa de sorrir do homem que joga os moveis destruídos na rua misturados a tantos outros; uma visão de destroços sob um céu nublado e inclemente. Como uma cidade destruída por um míssil em uma noite qualquer; milhares de pequenos mísseis destruíram a cidade.
Parecia tão impossível de acontecer; apesar de ter acontecido antes. Saques, medo, desespero tudo difícil de acreditar que pudesse ocorrer. Todos têm medo de recomeçar e novamente recomeçar a tormenta de água. A pergunta que todos se fazem quando voltaremos a sorrir?  Quando naquele final de semana as chuvas caiam; parecia um bombardeio, mais as pessoas se sentiam tão confortáveis dentro de suas casas, protegidas, esqueceram de ligar a TV nos canais locais e ver o que se aproximavam; depois as TVS também já não pegavam mais. Mesmo assim não queriam acreditar... Não é possível, que tanta tragédia fosse ocorrer. Quando viram as águas já batiam em suas portas. Era tarde; só dava para salvar a própria pele. Alguns não quiseram se afastar de seus bens materiais e morreram agarrados a eles. Os que perderam movidos pelos desesperos no dia seguinte começaram a saquear mercados, panificadoras. Malandros se aproveitaram da situação, começaram a roubar lojas de roupas, eletrodomésticos, residências; atingidas e não atingidas. Até abrigos foram saqueados. Agora que as águas desceram, olha-se o desespero das pessoas realmente atingidas que perderam tudo. Não existe nada que diga: vamos ajudar com certeza. A única esperança é a solidariedade humana. Mais e o poder? E O governo? .... Vai se esperar muitos anos, até lá terão que recomeçar da estaca zero. E a chuva fina ainda cai... E a lágrima da velha senhora também. A gente sabe que elas se apagarão daqui alguns anos, misturadas nas águas do oceano... Mais até lá... Haverá ainda algum dia bonito?  


 Texto escrito por Vanderlei Marcos em Sex, 28 de Novembro de 2008 15:58



0 comentários:

Postar um comentário

Leitores do Blog